JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение
Portuguese English Italian Spanish

O Carnaval Cultural de Pirenópolis foi Cancelado

 08/02/2017


O Carnaval na cidade de Pirenópolis, conhecido como “O Carnaval das Marchinhas” que a anos acontece na tradicional Rua Direita, no Centro Histórico da cidade, não vai acontecer.
O prefeito Municipal, eleito no último pleito, a saber Sr. João Batista Cabral, popularmente conhecido por “João do Léo”, enviou no dia de ontem um comunicado para toda sociedade através das redes sociais, avisando sobre o cancelamento do evento.

O Carnaval de Marchinhas acontece na cidade histórica a décadas, mas esse ano a nova administração resolveu, por bem, pelo cancelamento devido à crise financeira. Isso não quer dizer que não haverá carnaval na cidade, bem pelo contrário, pois o carnaval é uma festa popular e espontanea, e que está enraizada na cultura nacional.

Pelo que tudo indica, foi uma decisão polemica, difícil  e sem prescedentes, mas que está ganhando apoio de grande parte da população local.
Bom lembrar a insatisfação de parte da população no carnaval de 2016, quando o  Juiz Sebastião José da Silva, da 2ª Vara Cível e Fazenda Pública da Comarca de Pirenópolis, havia concedido um mandado de segurança para alguns moradores da rua que reclamavam do excesso de barulho e perturbação de sossego, uma vez que na rua vivem muitas pessoas idosas. (Veja a reportagem)


Segue abaixo o comunicado feito pelo Sr. Prefeito na íntegra:
 "A Prefeitura Municipal de Pirenópolis informa que tomou a decisão de cancelar o carnaval realizado em praça pública diante de uma série de motivos, entre os quais a situação financeira do município.
O Carnaval exige grandes investimentos de recursos públicos para a contratação de atrações musicais e estrutura, como sonorização, iluminação, palco, sanitários, agentes de transito e serviços de limpeza.
Em respeito à sociedade pirenópolina, determinadas despesas devem ceder lugar àquelas consideradas urgentes, necessárias e prioritárias.
Após pesquisa de mercado, constatamos que mesmo para a realização de um evento mais simples, o gasto mínimo chegaria a cem mil reais.
A administração afirma ter cancelado o carnaval com pesar, mas ao mesmo tempo entende que a crise financeira que atinge o município e o pais exige que os recursos públicos sejam gastos com critério e em prioridades da população."

Por: Edson Newton Paranhos